Pergaminhos...

Ache aqui...

Já espiaram...

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Vida (parte1)

Vou tentar escrever como texto...história...
Sou feita de momentos e atualmente meus momentos estão vazios e tristes... e a culpa é só minha... porque uma parte do meu passado não me deixa viver o presente nem sonhar com o futuro...
Eu como todos um dia amei... fui amiga... acertei e errei...
Lembro-me de quando mudei de colégio... o medo... o frio na barriga... lembro-me das pessoas maravilhosas que ali encontrei... pessoas que levarei sempre comigo...
Lembro das aventuras...dos sonhos... das amizades... 
Uma vez indo pra aula num dia muito quente...nós imaginamos como seria bom parar debaixo de uma arvore, e beber uma Coca gelada...lembro que jurávamos amizade eterna... iríamos escrever um livro falando das nossas aventuras... Me vem a memória as histórias dos primeiros beijos... de como eramos criticas... ciumentas... acho que meu problema é lembrar de tantas coisas...
As pessoas continuam especiais...Mais cada uma seguiu sua vida e não coube nessa nova vida... bola pra frente...
Nesse meio tempo conheci pessoas fora do colégio...pessoas lindas.. que me ensinaram muito... casas que era mais minha casa, do que a casa que eu morava... fiz amigos eternos... e sem juras de amizade eterna...
Conheci outros tipos de pessoas....religiosas...rebeldes...certinhas... me dei bem com todos... e fiz amigos incríveis...
Comecei a participar movimentos na igreja... fiz catequese...perseverança...crisma(que por sinal foi perfeita!) e fiz grupo de jovens (um momento único na minha vida) Lá no grupo conheci meu Amor... me apaixonei... foi tão lindo mais toda paixão um dia acaba...e essa demorou mais acabou...mais o carinho continuou... o amor continuou... não posso falar que somos amigos porque não somos... mais nós nos gostamos e nos respeitamos... no grupo também conheci minha Consciência...um rapaz maravilhoso, que me deu conselhos importante e me ajudou a ser uma pessoa muito melhor... coisa na qual nunca vou poder agradecer o suficiente... no grupo passou muita gente... e cada pessoa me ensinou muito...muito mais do que elas mesmo imagina...
No meu bairro também conheci pessoas importantes... mais um Amigo, foi muito importante, pois me mostrou que estava doente... que precisava me cuidar... não fui uma adolescente muito fácil...
Esse Amigo segurou algumas barras... não sei se foi por mim...ou por ele próprio... mais como tudo na vida... ele se foi...
Hoje não amo... hoje não sinto... 
Queria que fosse verdade...mas a vida nunca é simples...
Postar um comentário