Pergaminhos...

Ache aqui...

Já espiaram...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Confissões de Maluqunha



Belo Horizonte, 26 de Novembro de 2010
          Querido Diário

Estou eu no Bar do Jão Coração, bebendo uma cerva gelada e vendo a chuva cai e é nesse momento que uma cena de um passado não muito distante me vem a mente e faz meu coração ficar apertado...
Lembranças de momentos felizes, momentos que me entreguei numa paixão repentina, que passou antes mesmo de realmente começar, e as vezes me pergunto porque aconteceu dessa maneira...
Nessas horas vejo como o mundo dá voltas e me descubro apaixonada pelo meu "primeiro amor".
Percebo como a espera é longa, a cerveja está no fim e eu estou aqui a escrever como doida[que te fato sou] e prestando atenção nas conversas das outras mesas e aprendendo formas novas de ver a vida...
Na verdade tenho que parar de prestar atenção nas conversas alheias, já que não consigo ficar de boca fechada... Escreve enquanto resisto a tentação de palpitar...
Assunto de buteco é futebol, trabalho, politica e dependendo da situação putaria também se escuta... E aqui no Bar do Jão Coração não é muito diferente... [Posso perceber que estou encomodando algumas pessoas por está (até o momento) sozinha numa mesa, escrevendo que nem uma desesperada... Será que estão pensando que é uma carta de despedida?
Pois posso afirmar que é uma carta de despedida! Estou me despedindo de uma fase e entrando em outra...
Estou dando tchau para um ano e me preparando para outro...
Nesse ano que chega, vou mergulhar de cabeça, aproveitar cada momento...
Essa Sexta, vai ficar na lembrança pelos momentos proporcionado, momentos de nostalgia, de felicidade, de esperança...

Postar um comentário