Pergaminhos...

Ache aqui...

Já espiaram...

sexta-feira, 27 de agosto de 2010


Na minha solidão vivo feliz...
Sem medo de amar...
Não vejo necessidade estar junto,
pra poder me alegrar...
Eu simplesmente me basto...
Me faço feliz...
Me amo em primeiro lugar
Sou aquilo que sinto...
Sou o meu momento....
Sou o tormento...
Sou a tranqüilidade
Sou o equilibro desequilibrado...
Amo, 
Simples assim...
Postar um comentário